Intoxicação por chocolate em cachorros: O que fazer?

Por: Notícias Pet

O chocolate contém teobromina, uma substância tóxica para os cães. Ao perceber que seu cão ingeriu chocolate, tente identificar a quantidade e o tipo de chocolate consumido. 

Esses dados são fundamentais para avaliar o nível de risco. Em seguida, contate um médico veterinário urgentemente.

Nunca tente fazer seu cão vomitar sem orientação profissional. Caso seja necessário, isso deve ser feito pelo veterinário.

Como os veterinários lidam com a ingestão de chocolate

Dependendo do tempo de ingestão e da quantidade ingerida de chocolate, o veterinário pode induzir o vômito para prevenir maiores complicações.

Este procedimento busca eliminar a teobromina do organismo antes que ela seja totalmente absorvida.

saiba mais

Tratamentos subsequentes

Se a indução do vômito não for possível ou se os sintomas como agitação, tremores ou taquicardia já estiverem presentes, o tratamento pode incluir terapias de suporte como fluidos intravenosos e, em casos mais graves, medicamentos antiarrítmicos e gerenciamento de convulsões.

É seguro para um cão comer qualquer quantidade de chocolate?

Não, o chocolate é tóxico para cães devido à teobromina. A toxicidade depende do tipo de chocolate e do peso do animal. 

Chocolates mais escuros e amargos são particularmente perigosos.

Alternativas seguras ao chocolate para cães

Se você deseja oferecer um mimo ao seu companheiro canino, opte por snacks formulados especificamente para cães. 

Essas guloseimas são seguras e muitas vezes contêm ingredientes que podem beneficiar a saúde do seu pet.

Evite ceder a tentações durante festividades como a Páscoa ou o Natal, trocando chocolates por essas opções seguras.

Monitorar o que seu cão ingere é essencial para evitar intoxicação alimentar por chocolate. Em caso de ingestão, contate um veterinário imediatamente e opte por tratá-lo com alternativas seguras e específicas para pets. Prevenir é sempre o melhor remédio!

visite nosso site